Estado conclui projeto de transparência com governo britânico
14/03/2016
Evento lança novo guia do SPUK

Depois de dois anos, foi concluído na manhã desta sexta-feira (11) o projeto de cooperação Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência - SPUK, parceria entre o governo do estado de São Paulo e o Reino Unido. O SPUK, que tem recursos do Prosperty Fund (Fundo de Prosperidade) inglês, teve o objetivo de capacitar gestores públicos para abertura de dados governamentais e para aplicação da Lei Anticorrupção por meio de expertise da Inglaterra.

Durante o evento foi lançado o último manual da ação. Intitulado Guia de Incentivo ao (Re) Uso de Dados Abertos, a publicação tem por objetivo uma melhor compreensão dos gestores para o sucesso das iniciativas de dados abertos. “Este guia de linguagem cidadã vai ser aplicado na nova versão do portal de transparência do governo paulista com previsão de implantação em abril próximo”, afirmou Roberto Agune, coordenador geral dos guias do SPUK da Subsecretaria de Parcerias e Inovação da Secretaria de Governo do estado paulista.

Agune falou do Portal de Transparência como tema prioritário da gestão pública e que, em breve, os gastos de despesas de viagens, diárias e gastos com licitações também estarão disponíveis. “Temos mais de 70 mil licitações por ano”, afirmou.

Segundo Agune, para o cumprimento da Lei Anticorrupção foram realizadas palestras, cursos e o auxílio direto a 220 municípios paulistas para implementar portais de transparência. Todos os documentos lançados no SPUK estão disponíveis no site http://www.igovsp.net/spuk/

Vagner Diniz, do Centro de Estudos de Tecnologia Web (CeWeb.br), também presente no evento, fez uma avaliação positiva do projeto. “Hoje dá para afirmar que o governo do estado de São Paulo tem competência técnica para publicar dados na web da melhor qualidade”, concluiu.

SPUK

No total, quatro guias foram criados pelo projeto SPUK: Guia de Incentivo ao (Re) Uso de Dados Abertos, Maturidade em Dados Abertos, Dados Abertos e Web Semântica. Os três últimos foram lançados em evento no Palácio dos Bandeirantes em dezembro do ano passado com a presença do ministro de Comércio Exterior da Inglaterra, Lord Francis Maude.

Sobre o Prosperity Fund 

O governo do Estado de São Paulo foi contemplado duas vezes consecutivas pelos recursos do  Prosperity Fund, um programa de cooperação do Reino Unido que visa contribuir para o desenvolvimento da economia em países emergentes. 

O prêmio financia, em São Paulo, projetos de infraestrutura (especialmente por meio de Parcerias Público-Privadas), transparência na gestão pública e de ampliação na base de dados oficiais disponíveis em formatos abertos para facilitar a compreensão do cidadão comum. 

Mais notícias