Apoio à Pesquisa

Com uma das melhores estruturas de pesquisa e desenvolvimento da América Latina, o estado de São Paulo tem atraído muitas empresas em razão do peso cada vez maior que a inovação vem assumindo como diferencial decisivo no mercado global. Entre os fatores que justificam essa atração, tem destaque a presença de conceituadas instituições de ensino superior e importante rede de instituições de pesquisa, que atuam nas mais diversas áreas científicas. Somente o governo paulista é responsável por 19 institutos de pesquisa que operam em vários campos do saber, com destaque para agricultura, saúde, tecnologia industrial, entre outros.

Entre 2011 e 2012, os pesquisadores que atuam no estado publicaram 37.816 mil artigos científicos em revistas cadastradas no Web of Science, quantidade superior à de todos os países latino-americanos, exceto o Brasil.

O número de pesquisadores por milhão de habitantes, no estado, é de 1.274, enquanto no Brasil é de 692. O resultado paulista é superior a países de grande porte na Ásia, Europa e América Latina.

Além disso, em 2011, das 374 patentes concedidas no Brasil pelo INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial, 193 foram de São Paulo, o que corresponde a 52% desse total.

A complexidade e relevância do arranjo científico e tecnológico existente em São Paulo também pode ser certificado pelo alto volume de investimento em pesquisa e desenvolvimento (P&D). Em 2010, o investimento paulista em P&D chegou a 1,64% do PIB do estado, frente ao 1,13% alcançados no país. Em termos internacionais, o percentual global de investimentos feitos em São Paulo é superior ao realizado em países como Espanha, Itália e Rússia, e próximo aos índices apresentados por China e Canadá. A meta de São Paulo é elevar esses gastos a 2,3% de seu o PIB até 2020, aproximando-se dos valores observados entre os países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Parte importante dos recursos estaduais provém da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), cuja atribuição é promover a pesquisa, o intercâmbio e a divulgação da ciência e da tecnologia produzidas em São Paulo. A FAPESP é uma instituição modelo no seu campo de atuação.

Saiba mais: 
FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (link)