Hidrovias

A Hidrovia Tietê-Paraná <http://www.transportes.sp.gov.br/infraestrutura_/hidroviario.asp> é uma decisiva via de interligação de importantes áreas do interior paulista com outros estados brasileiros e nações vizinhas, como Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia. Com 800 km no seu trecho paulista (num total de 2.400 km devias navegáveis), onde é administrada pelo Departamento Hidroviário do Estado (DH), ela se conecta com a rede rodoviária e ferroviária existentes no estado de São Paulo, ampliando as facilidades de transportes, notadamente de cargas. O trecho paulista possui dez reservatórios, dez barragens, dez eclusas,23 pontes, 19 estaleiros e 30 terminais intermodais de cargas.

Transportou quantidades crescentes de cargas ano a ano, atingindo em 2013, 6,3 milhões de toneladas e, em 2014 e 2015, devido à crise hídrica que levou o reservatório de Três Irmãos ao nível abaixo do nível mínimo de navegação, parte da Hidrovia ficou interrompida para o transporte de longo curso, sendo transportadas 4,6 milhões de toneladas nestes anos. Em 2016, a Hidrovia Tietê-Paraná voltou a operar plenamente com a retomada do nível de navegação, sendo projetado o transporte novamente de 6,3 milhões de toneladas.

 (Atualizado em 20/10/2016)

Saiba mais:
Secretaria de Logística e Transportes (link)